Museu do Cartão de Crédito

09/01/2020 - Destaques

« Voltar

VALOR ECONÔMICO

 

PayPal e Mercado Livre

Por: Flávia Furlan

O PayPal e o Mercado Livre fecharam acordo comercial para ampliar a aceitação e o uso de suas carteiras digitais, atingindo quase 350 milhões de usuários em todo o mundo. No entanto, o contrato prevê que cada companhia vai operar de forma independente, mantendo suas próprias carteiras digitais. O acordo é mais um passo de aproximação entre as empresas e prevê que todo vendedor que aceita PayPal no mundo dará a opção de pagar com Mercado Pago aos 48 milhões de usuários brasileiros e mexicanos. A modalidade “Mercado Pago” aparecerá no momento do “check out”. Já todos os sites que aceitam Mercado Pago no Brasil e no México também darão a opção de pagamento com PayPal para os 300 milhões de clientes da carteira americana do mundo todo - o acordo não prevê a inclusão de lojas físicas. O PayPal também será aceito no Mercado Livre. A previsão é que os serviços estejam disponíveis no segundo trimestre de 2020. 

 

OAB contesta nova tarifa

Por: Estevão Taiar

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou ofício em que pede ao Banco Central (BC) a revogação da cobrança de tarifa no cheque especial. “A previsão de cobrança pela mera disponibilização do serviço fragiliza a proteção do consumidor”, diz o documento endereçado ao presidente do BC, Roberto Campos Neto. O texto é assinado pelo presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e pelo presidente da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais do órgão, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Na avaliação da OAB, o consumidor “não pode ficar sujeito à cobrança de tarifa pela disponibilização de cheque especial, independentemente da efetiva utilização do serviço”. 

 

 

Crédito imobiliário

Por: Talita Moreira

O crédito imobiliário com recursos da poupança teve, em novembro, seu melhor resultado do ano, com a liberação de R$ 7,78 bilhões. O volume aumentou 59,6% em relação ao mesmo mês de 2018 e 3,3% na comparação com outubro, confirmando os sinais de recuperação do setor. Com isso, novembro foi o mês mais forte para o financiamento imobiliário desde maio de 2015, quando o setor já havia mergulhado em uma de suas mais graves crises. No mês passado, foram financiadas 28,9 mil unidades nas modalidades construção e aquisição. O número recuou 2,5% em relação a outubro, mas cresceu 46,3% frente a novembro do ano passado. A Caixa lidera o setor, financiando R$ 22,813 bilhões nas modalidades de aquisição e construção de janeiro a novembro. O volume equivale a uma participação de mercado de 32,6%. O Bradesco ficou em segundo lugar, com um total de R$ 16,206 bilhões (23,1%). 

Preencha os campos ao lado e receba nossas notícias:

Rua Visconde do Rio Branco, 1488 - 18º andar – Centro – Curitiba/PR

© 2012 Museu do Cartão - Todos os direitos reservados - Powered By Totalize Internet Studio