Museu do Cartão de Crédito

21/11/2019 - PagSeguro tem forte queda após balanço

« Voltar

VALOR ECONÔMICO

Por: Álvaro Campos

 
As ações da PagSeguro caíram ontem 17%, para US$ 30,48, na bolsa de Nova York. A companhia divulgou seu balanço do terceiro trimestre na noite de terça-feira. Nos últimos três meses, a ação acumula queda de 40,6%, mas desde o início do ano ainda sobe 62,7%.
 
O lucro ajustado da PagSeguro no terceiro trimestre, de R$ 390 milhões, ficou abaixo da previsão do Citi, de R$ 452 milhões. Segundo o banco, isso ocorreu devido a maiores despesas com marketing e pessoal relacionadas ao PagBank. “Acreditamos ser justo dizer que os crescentes investimentos no PagBank - e o impacto negativo no lucro no curto prazo - devem ser vistos como dores de crescimento”, dizem os analistas em relatório. Eles têm recomendação de “compra” para as ações. 
 
A corretora Cantor Fitzgerald manteve sua recomendação de “compra” para os papéis da PagSeguro, mas reduziu seu preço-alvo de US$ 56 para US$ 46. Já o Credit Suisse afirma que a PagSeguro divulgou dados operacionais sólidos, com crescimento na venda de maquininhas e no volume de pagamentos processados, mas também aponta para o aumento acima do esperado nas despesas. O banco tem recomendação de “compra” para a empresa, com preço-alvo de US$ 60.
 
No relatório, o Citi lembra que a PagSeguro passou a adotar um modelo de comodato para as maquininhas de cartão e isso deve ter um impacto positivo de R$ 50 milhões a R$ 60 milhões no lucro do quarto trimestre. Porém, esse fator não altera o “guidance” da companhia de lucro para este ano, que vai de R$ 1,3 bilhão a R$ 1,5 bilhão.
 
Além disso, a administração indicou que o ritmo de crescimento da base de clientes, de 305 mil no terceiro trimestre, deve se repetir no quarto trimestre. Em teleconferência na noite de terça-feira, executivos da PagSeguro foram questionados sobre a queda no ritmo de crescimento no volume de transações processadas. O diretor financeiro da credenciadora, Eduardo Alcaro, afirmou que não há mudança na tendência, e que a desaceleração apenas reflete uma base maior de clientes.
 
A PagSeguro processou R$ 29,4 bilhões em pagamentos com cartões no terceiro trimestre, alta de 45% frente ao mesmo período de 2018. (Colaborou Talita Moreira)

Preencha os campos ao lado e receba nossas notícias:

Rua Visconde do Rio Branco, 1488 - 18º andar – Centro – Curitiba/PR

© 2012 Museu do Cartão - Todos os direitos reservados - Powered By Totalize Internet Studio