Museu do Cartão de Crédito

22/10/2019 - PayPal é a 1ª estrangeira com licença de pagamento na China

« Voltar

VALOR

Por: Yuan Yang — Financial Times, de Pequim

 

A PayPal tornou-se a primeira empresa estrangeira a adquirir licenças de pagamentos na China, depois de comprar uma participação majoritária em um grupo chinês de pagamentos. A Guofubao (Gopay), uma pequena empresa chinesa de pagamentos on-line, informou ontem que o banco central aprovou a aquisição pela PayPal de uma participação de 70% de seu capital, por uma quantia que não foi revelada.

O negócio faz da PayPal a primeira companhia estrangeira a entrar no mercado chinês de pagamentos, após dois anos de promessas de Pequim de que sua indústria de serviços financeiros seria aberta a empresas internacionais.

Os Estados Unidos vêm pressionando por um maior acesso ao mercado como parte de suas negociações comerciais com a China, e o Banco do Povo da China, o banco central chinês, prometeu no ano passado dar um “tratamento igual” aos grupos domésticos e estrangeiros.

Visa e Mastercard estão entre as empresas estrangeiras que aguardam a aprovação de licenças, apesar de regras em 2017 terem removido os obstáculos formais de acesso ao mercado.

Segundo suas próprias regras, o banco central precisa decidir sobre as solicitações em 90 dias após o recebimento. Ele é o maior acionista da China UnionPay, o que na verdade lhe dá o monopólio dos pagamentos de cartões bancários em yuans.

A aquisição da PayPal dá a ela acesso a várias licenças de pagamentos da Gopay, o que lhe permitirá oferecer pagamentos on-line, móveis e internacionais em yuans, além de emitir cartões de débito para o público local.

A PayPal está entrando num mercado em crescimento acelerado, que é dominado por duas gigantes tecnológicas: a Tencent, que administra a WeChat Pay via sua plataforma social de mensagens, e a Alibaba, cuja subsidiária de pagamentos, Ant Financial, controla a Alipay.

Os pagamentos on-line de terceiros cresceram 45% em valor em 2018, para 208 trilhões de yuans (US$ 29 trilhões), em relação ao ano anterior, segundo números do banco central.

“A indústria doméstica de pagamentos da China oferece grandes oportunidades, mas os obstáculos que as empresas estrangeiras enfrentarão não são pequenos”, escreveu Dong Ximiao, analista-chefe do Zhongguancun Internet Finance Institute, em uma nota.

Dong mencionou o oligopólio da WeChat-Alipay como um desafio significativo, além da taxa doméstica cobrada nos pagamentos, geralmente de 0,5%, que é menor que a média internacional de 1,5% a 2%.

A PayPal vem crescendo no aquecido mercado de pagamentos móveis da Ásia, uma vez que o crescimento está mais lento nos EUA e na Europa. Ela entrou na Índia, no fim de 2017, onde vem concorrendo com os serviços de pagamentos móveis da Alibaba, Walmart, Google, Amazon e Facebook.

A Gopay é especializada em serviços de pagamentos para empresas da área de comércio eletrônico, comércio internacional e viagens.

Preencha os campos ao lado e receba nossas notícias:

Rua Visconde do Rio Branco, 1488 - 18º andar – Centro – Curitiba/PR

© 2012 Museu do Cartão - Todos os direitos reservados - Powered By Totalize Internet Studio