Museu do Cartão de Crédito

03/12/2018 - Bancos preveem rápida adesão a dispositivos digitais

« Voltar

VALOR

Por: Ana Lúcia Moura Fé 

Pagamentos móveis avançam na trilha da massificação de smartphones e da comunicação por campo de proximidade (NFC, na sigla em inglês). A tecnologia habilita as chamadas carteiras digitais móveis, ou m-wallets, como Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay. Essas plataformas armazenam de forma segura dados pessoais e de cartões do usuário, permitindo que ele pague por compras apenas aproximando o celular de um terminal compatível, em vez de apresentar dinheiro ou cartão físico de crédito ou débito.

O ritmo de adoção dessa modalidade de pagamento varia conforme o país. Na China, a eMarketer estima que 79% dos usuários de smartphones fizeram um pagamento móvel de proximidade nos últimos seis meses. Nos EUA, essa taxa é de 25%.

No Brasil, a Worldpay estima que carteiras digitais responderam por cerca de 3% dos gastos em pontos de venda em 2017. Ressalte-se que os aplicativos Samsung Pay, Google Pay e Apple Pay chegaram há pouco tempo ao país. O pioneiro, Samsung Pay, desembarcou aqui em julho de 2016.

No meio financeiro, a percepção é que a novidade tem aceitação acelerada. No Itaú Unibanco, primeiro banco a trabalhar com o Apple Pay no país, o diretor de negócios digitais, Rubens Fogli, surpreendeu-se com a adesão da clientela. "Para dar ideia, a mesma penetração que o Apple Pay atingiu no mercado americano em dois anos conseguimos alcançar em quatro meses."

Desde que o serviço foi anunciado, em abri, o Itaú já soma quase cinco milhões de transações realizadas - incluindo números de Samsung Pay, adotado em junho pelo banco. A expectativa de Fogli é que, ainda este ano, o Itaú bata a marca de um milhão de clientes com esse tipo de serviço habilitado em celular ou outros dispositivos.

No Banco do Brasil (BB), Rogério Panca, diretor de meios de pagamento, também percebe que a clientela está mais aberta à novidade. "O volume de transações por meio das mais importantes carteiras digitais cresce de maneira exponencial." Em agosto, o BB incluiu Apple Pay em seu portfólio, para pagamentos no cartão de crédito e de débito. O banco também adota Samsung Pay e Google Pay. No segundo trimestre, 580 mil clientes já usavam as carteiras. No período, o banco registrou R$ 38,2 milhões em volume aprovado no crédito e R$ 19,7 milhões no débito. O aumento em relação ao trimestre anterior foi de, respectivamente, 256% e 224%.

A Samsung Pay informou que em julho último que o número de usuários no país já havia crescido 433,3% em relação ao ano de 2017. A empresa não abre números absolutos locais. O Samsung Pay é usado com máquinas de pagamento compatíveis com NFC e MST (sigla para magnetic secure transmission, tecnologia exclusiva da Samsung). "Isso representa cerca de 90% dos estabelecimentos comerciais do Brasil", diz Paulo César do Nascimento, gerente sênior de Samsung Pay no Brasil.

Na Adyen, empresa que processa pagamentos e foi pioneira no Brasil em integrações com carteiras como Google Pay e Apple Pay, o presidente para a América Latina, Jean Mies, confirma o avanço exponencial dessas soluções. "O volume de transações processadas em nossa plataforma através dessas carteiras digitais cresceu 50% nos últimos três meses", diz.

De fato, com 220 milhões de celulares inteligentes em uso no país, segundo a Fundação Getulio Vargas, a inovação ganha força para além dos apps internacionais. Em setembro, a Cielo informou que usuários de qualquer celular com câmera podem pagar suas compras nas máquinas da marca por meio da leitura de um código QR direto na tela do terminal.

Em agosto, a Nexxera, em parceria com Visa e Adiq, anunciou serviço para pagamento de boletos com cartão de crédito via robô (chatbot) no Facebook Messenger ou no site das empresas credoras, como condomínios, escolas e governos. O serviço está disponível em Florianópolis (SC) e vem sendo testado em outros Estados, segundo Edson Silva, presidente do grupo.

 

Preencha os campos ao lado e receba nossas notícias:

Rua Visconde do Rio Branco, 1488 - 18º andar – Centro – Curitiba/PR

© 2012 Museu do Cartão - Todos os direitos reservados - Powered By Totalize Internet Studio