Museu do Cartão de Crédito

13/01/2016 - Edenred compra a brasileira Embratec

« Voltar

Por João José Oliveira e Thais Carrança | De São Paulo | Valor Econômico

A francesa Edenred, líder mundial em serviços pré-pagos e dona das marcas Ticket e Repom, vai pagar R$ 790 milhões para controlar uma nova empresa no Brasil em sociedade com a Embratec, detentora das marca Ecofrotas e Ecobenefícios. O negócio passará pelo Cade.

As duas companhias vão combinar as operações de gestão de despesas de frotas e negócios de antecipação salarial em uma joint-venture cujo controle de 65% será dos europeus.

O valor pago pela Edenred equivale a 14 vezes o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Embratec, que em 2014 gerou receita de R$ 275 milhões e lucro operacional de R$ 90 milhões.

Gilles Coccoli, da Edenred, diz que aquisição é a maior do grupo desde 2010

A Edenred entra na operação com os negócios gerados pela Ticket Car e Repom, enquanto a Embratec aporta as operações de cartão de combustível, manutenção de frotas e frete, das marcas Ecofrotas e Expers. A receita estimada para a empresa nova é de R$ 450 milhões. Seus cartões podem movimentar até R$ 7,6 bilhões.

"Com essa sociedade, a participação do Brasil nos negócios totais da Edenred no mundo vão subir de 28% para 33%", disse o diretor-geral da Edenred no Brasil, Gilles Coccoli. "O potencial de crescimento é grande porque a taxa de penetração desses serviços no Brasil ainda varia de 15% a 20%, enquanto em mercados da Europa varia de 40%, nas frotas leves, a 90%, nas frotas pesadas".

O executivo admite que 2016 ainda será um ano adverso para crescimento no Brasil por causa da recessão. Mas apontou que mesmo assim a combinação das plataformas da Edenred e da Embratec vão alavancar as vendas. Coccoli disse que não há plano de demissão de funcionários, que somam 1,6 mil.

No segmento de abastecimento de combustíveis, a companhia combinada terá 18% do mercado brasileiro. Junto com o segmento de manutenção de frotas, ele é considerado estratégico pela Edenred.

Com a aquisição no Brasil, o peso dessa área de negócios subirá de 14% para 17% do volume total de emissão (operações registradas em seus cartões) da Edenred no mundo. A meta é atingir 30% até 2017. "Esta operação é a maior compra da Edenred desde 2010, quando o grupo deixou de fazer parte da Accor", disse Coccoli.

Em 2014, os cartões emitidos pela Edenred movimentaram € 17,7 bilhões no mundo, com receita de € 1 bilhão.

A compra da brasileira Embratec pela francesa Edenred reflete uma tendência que ganhou força no Brasil. Em 2015, a desvalorização cambial contribuiu para número recorde de compras de empresas brasileiras por estrangeiros, que superaram pela primeira vez na história as compras realizadas por investidores nacionais.

Foram realizadas 773 fusões e aquisições no Brasil em 2015, numa queda de 5,5% em relação a 2014, segundo pesquisa da consultoria KPMG, obtido em primeira mão pelo Valor.

As operações de estrangeiros comprando de brasileiros empresas localizadas no país chegaram a 296, igualando o recorde de 2012.

Preencha os campos ao lado e receba nossas notícias:

Rua Visconde do Rio Branco, 1488 - 18º andar – Centro – Curitiba/PR

© 2012 Museu do Cartão - Todos os direitos reservados - Powered By Totalize Internet Studio